Side Area Logo
Welcome to unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium
Keep conected

Oops! Reconstruindo o Marketing Estratégico.

Viver a vida disposto a aprender sempre, é uma prática conhecida de empreendedores com histórico de sucesso. Engana-se quem acredita ser fácil, pois, na verdade, requer muita atenção. E também estar no lugar certo, na hora certa e, principalmente, trabalhar contra bloqueios mentais.

 

Isso significa estar pronto para absorver conhecimento das fontes mais diversas e distantes da nossa realidade. Um exemplo atual é o cozinheiro italiano Massimo Bottura, que acabou de receber a maior honraria do ramo, sendo seu restaurante, considerado o melhor do mundo no principal ranking internacional de gastronomia – o da revista britânica Restaurant.

 

Sua filosofia de trabalho é “Temos de destruir a tradição – e recriá-la”, a qual pode ser vivenciada em suas criações. Exemplificando a questão dos bloqueios mentais, Massimo chegou à sua fórmula de trabalho na gastronomia através de inspirações do universo das artes, como pinturas e esculturas.

 

Foi com esse mesmo espírito curioso de absorver conhecimento de outras áreas, aliás uma das características básicas de profissionais de marketing, que fomos inspirados a falar sobre reconstrução. Nesse caso, não acreditamos que devemos destruir o marketing tradicional, mas sim adaptá-lo. Após a explosão de novos conceitos de marketing nos últimos 5/10 anos, chegamos ao ponto de recorrer à ciência do marketing para resolver questões que estes novos conceitos não são capazes de resolver.

 

A questão central que precisa ser entendida e assimilada por empresas e empreendedores, principalmente de pequeno e médio porte é que Marketing Digital não é o novo marketing. Marketing Digital é atualmente o conjunto de ferramentas mais eficiente para falar com o público em geral. Mas está longe de substituir as funções de um bom planejamento de marketing.

 

Já o marketing em si é uma metodologia, igualmente eficiente e com décadas de estudo, responsável por compreender a dinâmica dos mercados e da criação de valor para o cliente, que resulta em encontrar soluções únicas para cada empresa.

 

Com o reconhecimento mundial sobre a efetividade do Marketing Digital em aproximar o púbico das empresas, novas estratégias foram se desenvolvendo como Inbound Marketing, Content Marketing, Growth Hacking – entre outros – e uma oferta ainda maior de ferramentas tecnológicas capazes de capturar, medir e avaliar uma quantidade enorme de dados, sejam eles dados comportamentais, técnicos ou financeiros.

 

E, justamente, essa maravilhosa característica do Marketing Digital, de capturar dados para análises de resultados, como o retorno financeiro do investimento em publicidade, fez com que muitas empresas, e até mesmo agências, substituíssem as atividades estratégicas de marketing pela publicidade online. Uma aposta muito perigosa de ser feita, por um motivo muito simples, marketing é uma atividade muito mais abrangente, que não se resume em fazer publicidade.

 

Falando sobre as necessidades das empresas que o Marketing Digital não é capaz de resolver, a DIFERENCIAÇÃO está no centro dos problemas. No cenário mundialmente conturbado que estamos passando, a tendência da maioria é seguir receitas ao invés de planejar as próprias ações, entendendo que dessa forma os riscos são menores, assim como os investimentos, e os resultados são garantidos baseados nos históricos de sucesso. Engano em dose dupla.

 

Marketing e receita não combinam, são opostos. O que funcionou para uma marca ou empresa não necessariamente funcionará para outra. Isso é explicado pelo princípio da diferenciação que a ciência, por traz do Marketing Estratégico, ensina durante décadas, entendendo mercados, trabalhando no diferencial de cada empresa para gerar valor para os clientes e, assim, cada empresa assume uma identidade própria, comunicando-se com seus clientes de maneira distinta.

 

Falando nisso, Massimo Bottura, e sua “reconstrução da tradição”, vivenciada pelas pessoas que visitam a Osteria Francescana, em Modena, Itália, chegou ao topo justamente por fugir das receitas para construir, com muita qualidade, sua própria identidade.

 

Dessa forma, enxergamos uma maior interação e sinergia entre o Marketing Digital e o Marketing Estratégico como o caminho para a reconstrução da criatividade. Estamos falando de ideias, de projetos, de ações de venda que sejam mais eficientes, originais, entregando valor ao cliente de maneira verdadeira e orientada pela análise de dados.

 

*imagem: Oops! I dropped the lemon tart – Sobremesa de Massimo Bottura

 

DIAGNÓSTICO GRATUITO

Solicite uma avaliação da sua empresa e descubra como alavancar seus resultados.

CLIQUE AQUI
Felipe Martins

contato@felipemartins.com.br

NO COMENTÁRIOS

ADICIONE UM COMENTÁRIO

dois × quatro =